Polícia Ambiental alerta para início da piracema

Começou às 00h00 desta quarta-feira (01/11/2017), o período da piracema em todo o Estado de São Paulo. Pesca de todos os peixes da espécie nativa está proibida até o dia 28 de fevereiro do ano que vem.

O período, segundo a polícia, é de proteção à reprodução natural dos peixes na bacia Hidrográfica do Rio Paraná. Nossa região é cercada por rios como o Tietê, Turvo, São Domingos, Rio Grande,  São José do Dourados e entre outros.

Está proibida a pesca para todas as categorias e modalidades em: lagoas marginais; a menos de 500 metros de confluências e desembocaduras de rios, lagoas, canais e tubulações de esgoto; até 1.500 metros a montante e a jusante das barragens de reservatórios de empreendimentos hidrelétrico e de mecanismo de transposição de peixes; até 1.500 metros a montante e a jusante de cachoeiras e corredeiras e demais locais previstos no artigo 3º da Instrução Normativa.

Aqui na nossa região os peixes mais encontrados e que estão proibidos são: pintado, pacu, piapara, curimba, lambari, barbado, piau, mandi e entre outros.

Segundo o tenente da Polícia Ambiental, Emerson Mioransi, além da pesca, também serão fiscalizados o transporte e a comercialização de pescados. “Quem descumprir as restrições pode responder por crime ambiental, com pesadas multas e até prisão. O valor da multa começa em R$ 1.400,00 e aumenta em R$ 20,00 para cada quilo de pescado”, diz.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: