Idoso é acusado de estuprar criança de 9 anos em Monte Verde Paulista

Desde a última quinta-feira, 31 de agosto, um homem de 61 anos de idade, casado e morador de Severínia, está sendo acusado de Estupro de Vulnerável, Artigo 217 A do Código Penal Brasileiro, crime que consta ter ocorrido numa Horta do distrito de Monte Verde Paulista, conforme o BO registrado na delegacia de Polícia Civil de Cajobi.

Segundo o BO registrado na manhã de quinta (31) na delegacia de Polícia Civil de Cajobi, compareceram na unidade policial a vítima, uma garotinha de apenas 9 anos de idade, moradora de Monte Verde Paulista, local onde teria ocorrido o Estupro, distrito que pertence ao município de Cajobi. A garota compareceu acompanhada da mãe dela.

Lá, a vítima contou que na semana passada, não se recordava da data exata, mas disse ter sido na parte da manhã, por volta das 10h30, quando ela dirigiu-se até uma Horta localizada no local dos fatos, para comprar verduras, a pedido de sua mãe, o funcionário da Horta passou a abraça-la e levou a mesma até um quartinho numa casa desabitada existente nos fundos, próximo da Horta.

Lá, o acusado abaixou o short e a calcinha dela, deitou-a no chão e em seguida tirou também a calça dele deitando-se sobre ela e colocando o órgão na vagina dela.

Como ela sentiu muita dor, a menina disse que empurrou o acusado para que ele parasse o ato. Ao conseguir se desvencilhar do acusado, ela vestiu a roupa dela e saiu correndo. Ao chegar em sua casa ela viu sangue em sua calcinha e um líquido branco. Ela disse que acreditava que o sangue era de sua menstruação e por medo não contou nada para sua mãe.

Continua a vítima, como aquilo ficou em sua cabeça e lhe perturbando o tempo todo ela resolveu na manhã de quinta-feira (31) contar para a mãe sobre o ocorrido.

A mãe da garotinha disse que desde a semana passada sua filha não queria mais ir a escola e que na noite de quarta-feira (30) ela estava chorando muito quando então ela (a mãe) perguntou se algo acontecia com ela. A menina não disse nada e desconversou.

Na manhã de quinta (31), não resistindo mais e com a promessa de que não apanharia, a filha contou a mãe o que lhe ocorrera. A mãe finalizou seu depoimento informando que sua filha de apenas 9 anos teve sua primeira menstruação no mês passado e que na semana passada menstruou novamente.

Termina aí o depoimento da vítima, garota de apenas 9 anos, e da mãe dela que a acompanhou na delegacia de Cajobi onde o caso foi registrado e está sendo investigado.

Segundo um familiar da vítima, a garota foi levada para o IML em Barretos onde passou por exames periciais,e segundo este parente disse na rede social Whats App, para todos em um dos grupos, no exame constou que o hímen da garota havia sido rompido, mas frisamos, essa é apenas a versão de um parente da suposta vítima.

Olímpia 24 Horas

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: